Notícias

03.07.2020

O Centro de Pesquisa sobre Genoma Humano e Células-Tronco oferece estágio em
Comunicação de Ciência e Social Media.

 

Descrição da vaga

Se você é comunicativo, proativo, criativo, dinâmico e gosta de ciência, venha estagiar no genomaUSP! O melhor é que a vaga envolve difundir o conhecimento científico, com enfoque na área de genética e saúde, de forma acessível para o público através das mídias sociais! 

Atribuições

  • Gravar e editar vídeos curtos 
  • Auxiliar na elaboração de textos para vídeos com foco em mídias sociais a partir de pesquisa bibliográfica
  • Criar posts de temas científicos para as mídias sociais 
  • Propor ideias e desenvolver formatos inovadores de divulgação científica

Requisitos

  • Ser uma pessoa comunicativa, proativa e que trabalhe bem em equipe
  • Ter interesse por edição de vídeo 
  • Ser usuário ativo de mídias sociais
  • Ter conhecimentos básicos de genética e biologia molecular
  • Formação: cursando ensino superior na USP (infelizmente esse é um requisito da vaga que não podemos mudar)
  • Ter disponibilidade para dedicação de 20h semanais

Desejável

  • Habilidade ou experiência com Adobe Premiere, Photoshop e outros softwares de edição
  • Habilidade ou experiência com Canva
  • Interesse por marketing aplicado a mídias sociais e design

 

Enviar e-mail de interesse com o assunto “Estágio DC 2020” para codigen@ib.usp.br

 

Publicado: 02/07/2020
 
21.05.2020

Descoberto mecanismo genético relacionado ao autismo.

Pesquisadores do Genoma IB- USP descobriram um mecanismo genético que pode estar por trás do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Se confirmado, ele poderá ser usado no desenvolvimento de novas ferramentas de diagnóstico e de tratamento do transtorno. O TEA, caracterizado pela dificuldade de socialização e de comunicação, não pode ser detectado em exames de sangue e, embora fatores genéticos sejam importantes, há uma grande variabilidade de genes, o que dificulta o diagnóstico e o tratamento. O estudo indica que embora a origem da TEA seja multifatorial e varie de pessoa para pessoa, pode existir um padrão comum, com problemas de funcionamento semelhantes nos neurônios dos pacientes afetados.

O estudo usou células neuroprogenitoras (que dão origem aos neurônios), obtidas a partir de um tipo de célula tronco (chamada de iPS) que, por sua vez, é derivada de células da pupa dentária. Foi feita medição da atividade dos genes simulando a 16ª e a 20ª semanas de gestação, de modo a examinar o que acontece em períodos críticos do desenvolvimento fetal. Foram observadas alterações nas funções sinápticas e de liberação de neurotransmissores, controladas por genes que modulam a comunicação entre neurônios, influenciando o funcionamento cerebral.

 
Saiba mais:
 
 
 
 
 
 
21/05/2020
 
16.01.2020

A coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco, Mayana Zatz, no dia 2 de janeiro de 2020 participou de uma entrevista no Jornal da CBN. Comentou sobre investimentos em ciência, sua expectativa para 2020 e o otimismo de ver algumas empresas privadas começando ver a importãncia em ciência e tecnologia.

Para ouvir a entrevista, click AQUI 

 

 

 

Páginas