Pesquisa e Inovação




Perda auditiva

Perda auditiva




A perda auditiva é um problema sensorial muito frequente em todo o mundo. A cada mil crianças de nascem, uma ou duas são acometidas por perda auditiva. Além disso, muitas pessoas manifestam a perda auditiva no decorrer da vida, em diversas idades.

A perda de audição pode resultar de fatores ambientais, como por exemplo, excesso de ruído ou doenças infecciosas, pode resultar de fatores genéticos ou da combinação de ambos.

Quando a perda auditiva tem causa genética, são diversos os possíveis mecanismos de herança e muitos genes e tipos diferentes de mutações podem estar implicados.

Nosso grupo de pesquisa tem se dedicado a desvendar em famílias brasileiras qual é a causa da perda auditiva hereditária. Pretendemos identificar quais os genes e quais são mecanismos moleculares que explicam a perda de audição.  

Estudos funcionais sobre a expressão dos novos genes e dos novos tipos de mutação relacionados a audição por nós identificados e sobre as proteínas a eles relacionados também são realizados para compreender como as alterações genéticas afetam as estruturas e células que nos conferem a capacidade de ouvir.

Pesquisadores:
- Regina Célia Mingroni Netto 
- Luís Eduardo Soares Netto
 

 

Genoma USP - Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco
Rua do Matão - Travessa 13, n. 106
Cidade Universitária
05508-090 - São Paulo -SP
Telefones: (11) 3091-7966 / 3091-0878
WhatsApp, só para mensagem: (11) 94057-4021
Como chegar no Genoma USP