Pesquisa e Inovação




Busca de variantes genéticas responsáveis pela variabilidade clínica da COVID-19

Busca de variantes genéticas responsáveis pela variabilidade clínica da COVID-19

Compartilhe esta página:



A COVID-19 causada por infecção pelo vírus SARS-Cov-2, caracteriza-se por grande variabilidade de sintomas. Existem pessoas que desenvolvem formas graves e letais enquanto a maioria das pessoas tem formas leves ou permanecem assintomáticas.

Para identificar as variantes genéticas responsáveis por essa variabilidade clínica estamos coletando amostras de pacientes que foram a óbito (a partir de autopsias em colaboração com o grupo do professor Paulo Saldiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) e pessoas que tiveram contato com o vírus e permanecem assintomáticas.

A coleta de pessoas assintomáticas está sendo realizada com casais discordantes, isto é, cônjuges onde um desenvolveu sintomas e o outro não. Além disso, estamos coletando amostras de nonagenários e centenários resistentes e comparando a concordância entre gêmeos mono e dizigóticos expostos ao SARS-Cov-2.

Pesquisadores:

- Mayana Zatz
- Maria Rita dos Santos e Passos Bueno
- Michel Satya Naslavsky
- Mateus Vidigal
- Larissa Matos

 

 

 

 

 

Genoma USP - Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco
Rua do Matão - Travessa 13, n. 106
Cidade Universitária
05508-090 - São Paulo -SP
Telefones: (11) 3091-7966 / 3091-0878
WhatsApp, só para mensagem: (11) 98949-5700
Como chegar no Genoma USP