Notícias

06.04.2015

A decisão da atriz Angelina Jolie ainda está repercutindo entre as pessoas com histórico familiar de câncer.  Vale a pena se submeter aos mesmos testes  da atriz?  Mayana Zatz,  diretora do (CEHG-CEL) Centro de Pesquisa sobre Genoma Humano e Células-Tronco e autora do livro GenÉTICA - escolhas que os nosso avós não faziam, em poucas palavras trata sobre este assunto.
O CEHG-CEL oferece vários tipos de testes genéticos de última geração, inclusive para cânceres hereditários.  Leia aqui a mensagem de Mayana Zatz que saiu na revista Veja de 8 de abril de 2015. 

30.03.2015

No jornal O Estado de S. Paulo (Caderno Aliás) deste sábado, dia 28 de abril,  a geneticista Mayana Zats, diretora do CEHG-CEL discorre sobre os testes genéticos e os dilemas éticos, no momento em que repercute a decisão da atriz Angelina Jolie.

Veja o link do artigo do Caderno Aliás      

30.03.2015

O Professor Marc Peschanski realizará o seminário “Cell therapies at l-Stem, ongoing programs and strategic considerations” no próximo dia 7 de abril às 11 horas. No período da tarde haverá discussão com os alunos interessados. 

O Professor Marc Peschanski é biológo e neurofisiologista, Diretor de pesquisa no Instituto Nacional da Saúde e da Pesquisa Médica (INSERM). Especialista das doenças neurodegenerativas, é Diretor científico do Instituto I-Stem (Instituto das Células-tronco para o Tratamiento e o Estudo das Doenças Monogênicas) Criado em 2005 pela Associação francesa contra as Miopatias (AFMTéléthon) e o Instituto Nacional da Saúde e da Pesquisa Médica (INSERM), o I-Stem conta hoje com 80 pesquisadores, engenheiros e técnicos divididos em cerca de dez equipes de pesquisas em terapia contra as doenças genéticas.  

 

Páginas