Notícias

30.09.2016

O Núcleo de Divulgação Científica da USP entrevistou  Mayana Zatz e Keith Okamoto,  pesquisadores do Centro de Pesquisa em Genoma Humano e Células-tronco do IB -USP, para explicar o caso bebê que foi gerado a partir da fusão do espermatozóide do pai e do núcleo do óvulo da mãe, ambos colocados dentro do óvulo de uma outra mulher.

Este caso foi publicado em 27 de setembro sw 2016, pela New Scientist, mas o bebê nasceu em abril. Os pais são jordanianos. A mãe tem mutações genéticas da síndrome de Leigh (doença que afeta o desenvolvimento do sistema nervoso). Cerca de um quarto das suas mitocôndrias têm mutações para aquela doença. Apesar de a mulher ser saudável, o casal tem tido muita dificuldade em ter filhos.

Ouça AQUI a entrevista deixada disponível pelo Núcleo de Divulgação Científica na  sua página do Facebook. 

 

Página no Facebook do Núcleo de Divulgação Científica da USP: https://www.facebook.com/divulgacaocientificausp/posts/408382529285962

 

 

mrcm - 30/09/2016

 

09.05.2016

A agência britânica Reuters publicou no último dia 6 de maio a notícia "Brazil scientists seek to unravel mystery of Zika twins" - Cientistas brasileiros procuram desvendar mistério de  Zika em gêmeos. 

Estes cientistas estão estudando os casos de mulheres que dão à luz gêmeos em que apenas uma criança é atingida pelo defeito de nascença microcefalia associada com o vírus.

Leia mais a respeito acessando o link da reportagem:

http://mobile.reuters.com/article/idUSKCN0XX1V2

 

 

04.03.2016

O Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco está envolvido em mais uma importante pesquisa, desta vez o estudo sobre o efeito do vírus da zika  nos casos de nascimento de gêmeos onde apenas um dos  bebês foi afetado por microcefalia. Até agora eram cinco casos. A notificação do nascimento de gêmeos na cidade de Santos, apresenta a mesma característica e será maisuma caso a ser estudado.

Mayana Zatz, responsável pelo projeto de pesquisa” O papel do genoma no desenvolvimento de microcefalia em fetos expostos ao vírus zika”, está trabalhando com mais de 20 colaboradores, sendo parte deles do Nordeste, região onde tem acontecido mais casos de microcefalias. 

 

Saiba mais:

Notícia G1  USP estuda nascimento de gêmeos, um com microcefalia, no litoral de SP

Estadão  USP estuda se alguns bebês têm gene protetor contra microcefalia

Bebê.com.br  6 notícias sobre a guerra contra o vírus zika

 

03/03/2016

Páginas