Laboratório de Doenças Neuromusculares

Nossas pesquisas envolvem o estudo de células-tronco de diferentes fontes visando o desenvolvimento futuro de uma terapia para doenças neuromusculares humanas, além de contribuir para a compreensão dos mecanismos que causam essas patologias. As fontes de células-tronco adultas estudadas em nosso centro são: células-tronco de cordão umbilical, tecido adiposo, medula óssea e de polpa de dente.

No momento nossas pesquisas envolvem a obtenção das linhagens de células-tronco. O estudo do potencial destas células em formar células de diferentes tipos de tecidos, especialmente muscular está sendo realizado “in vitro”, isto é, no laboratório e em modelos animais .

Após a aprovação da lei de biossegurança, em 2005, pudemos iniciar nossas pesquisas envolvendo células-tronco embrionárias. A aprovação definitiva da lei pelo Supremo Tribunal Federal será de suma importância para o avanço dessas pesquisas no Brasil, pois as células-tronco embrionárias são as únicas capazes de formar todos os tecidos do nosso corpo. Elas representam uma das áreas mais promissoras da biomedicina. A esperança é que no futuro elas possam ser usadas na recuperação de tecidos lesionados e no tratamento de uma série de doenças graves ainda sem tratamento.

As pesquisas realizadas até o momento visam uma avaliação precisa do efeito terapêutico das células-tronco. Somente após pesquisar o comportamento dessas células em modelos animais, poderemos pensar em terapias no ser humano. Isto é, até que as células-tronco façam parte da rotina médica, existe um longo caminho a percorrer envolvendo pesqisa básica e pré-clínica.

Nossos tratamentos
Por enquanto, não estamos realizando protocolos clínicos em seres humanos no nosso centro.
Laboratório de doenças neuromusculares
Dra. Mayana Zatz
Professora Titular
Diretora Presidente da Associação Brasileira de Distrofia Muscular
Pró-reitora de Pesquisa da Universidade de São Paulo
Coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano